Menu
Busca Sex, 20 de setembro de 2019
(47) 99975-9521
Youtube

Conheça Helen Morete: youtuber que compartilha suas experiências em Blumenau

Com mais de sete mil inscritos, a youtuber divide experiências do seu dia a dia

30 maio 2019 - 17h45Por Júlia Beatriz

Helen Morete criou seu canal em junho de 2014 e desde lá já conseguiu mais de sete mil inscritos. Em seus vídeos, divide suas experiências em Blumenau, contando os problemas existentes, dificuldades e, também, os encantos da cidade. Tratando sobre diversos assuntos, desde relacionamento até saúde, toda terça e quinta-feira compartilha vídeos novos. Confira mais sobre a youtuber na entrevista: 

TAL: Você é paulistana, certo? Há quanto tempo você mora em Blumenau e o que te motivou a vir para a cidade?

Helen: Moro em Blumenau há 2 anos 9 meses! O que nos motivou a sair de São Paulo foi a violência e o custo de vida muito alto. Aqui em Blumenau a cidade é mais tranquila. O objetivo era poder dar tranquilidade para os nossos filhos, brincar na rua e a facilidade de se locomover para o trabalho X escola das crianças é infinitamente melhor do que em São Paulo. O custo de vida para compra de imóveis aqui é bem mais acessível do que em São Paulo, além, é claro, do acesso à natureza em Santa Catarina, que é ímpar!

TAL: A sua história no youtube começou há quantos anos e quais foram os motivos que te levaram a criar o canal?

Helen: Comecei no youtube em junho de 2014, postando uma entrevista que dei para a TV Cultura, falando sobre o meu caso de Trombose e Tromboembolismo, pois eu não possuía as características típicas da doença, nenhum médico achava o que eu tinha, até que eu mesma exigi exames específicos (mesmo sem saber o que eu tinha) e assim descobrimos à trombose. Então pensei, como uma TV de porte tão grande teve interesse em divulgar algo tão importante e comigo, à partir daí eu decidi que poderia ajudar outras pessoas. E deu certo! Esse vídeo é o de maior visualização no canal, com mais de 210 mil visualizações.

Depois fui tentando achar meu nicho, tentei beleza, participei de eventos com o CBB Digital, conheci Evelyn Regly, Bruna Tavares, Raka Minelli, dentre outras, e temos contatos até hoje. Mas beleza não foi o nicho que me encontrei.

TAL: Seus vídeos são focados em Blumenau, dando dicas de como viver na cidade, sobre o trânsito, entre outras coisas. Qual a maior dificuldade que você enfrenta ao produzir esses vídeos?

Helen: Falar a verdade de dentro da cidade sem sofrer preconceitos dos problemas que também cito. Fui criada numa cultura em São Paulo, onde para haver melhorias em qualquer âmbito, deve - se debater opiniões. E aqui, quando comentava que algo teria que ser melhorado, logo recebia retaliações, do tipo: tá ruim, volta pra sua terra! Aqui a cultura é outra e bem diferente da minha. Hoje, pesquiso bem mais e procuro formas de como falar sobre a cidade. Mesmo assim, tem pessoas que se ofendem.

TAL: O que ou quem te motiva a não desistir de gravar vídeos frequentemente?

Helen: Meu esposo JP me motiva muito, está sempre presente, apoiando, me ajudando em tudo. E poder ajudar outras pessoas, que não sabem de nada da cidade, é muito motivador. Pesquisava muito sobre Blumenau na internet antes de chegar aqui e não achava informações que ajudassem de fato.

Assim pensei: serei aquela que levará informações, para aqueles que buscarem algo sobre Blumenau (se tiver alguém interessado (risos) , pois achei que eu fosse à única à pesquisar sobre a cidade – me enganei, que sorte!)

Passei por muitos maus bocados, como pegar ônibus, decorar nomes de ruas sem placas informativas, entender como era o comércio, à parte de empregos... tudo foi bem duro aqui, mesmo com tantos parentes por parte do JP, tudo foi bem no tato. E sem querer querendo, achei meu nicho, paulistana falando de Blumenau, E, assim, posso ajudar pessoas que estão vindo de fora, ter uma mudança de estado mais tranquila e com uma visão mais íntima da cidade, sem tantos transtornos, como uma mudança cultural geralmente gera.

TAL: Para finalizar, qual sua dica para quem quer seguir a carreira de youtuber?

Helen: Não é fácil viralizar um vídeo. Tem que aprender as estratégias do Youtube, aprender a mexer em programas de edição, a colocar à cara para bater em vídeos e ser sincero consigo e com o conteúdo entregue. É um emprego como outro qualquer, que tem que ter empenho e dedicação. O resultado demora para chegar, como, por exemplo, receber o convite para dar essa entrevista. Mas, ele chega! Estude sempre, fique sempre atento ao seu nicho de atuação, às estratégias de marketing digital, enfim. E seja você mesmo, afinal, todo o resto já existe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Situação de rua
A rua como uma extensão do lar
Cultura
A Marca da Cultura Alemã em Blumenau
Economia
Volume de vendas do varejo catarinense tem alta de 14,6% em relação a 2018
Casa do Aconchego em Blumenau
Iniciativas que fazem a diferença
Carros usados
Vendas de veículos usados e seminovos se mantém estável em SC
Nutrição
PANC: Plantas Alimentícias Não Convencionais - Uma opção para fontes de nutrientes
PODCAST
História em Áudio (Faixa 4) - O Acidente de Chernobyl
Setembro Amarelo
Setembro Amarelo: Conscientização Através do Diálogo
Moda
Moda Sustentável ganha cada vez mais espaço no bolso do consumidor
Apicultura
Santa Catarina tem o melhor mel do mundo