Menu
Busca Qui, 22 de outubro de 2020
(47) 99975-9521
Desafios

O novo modo de criar conteúdo em tempos de pandemia

15 julho 2020 - 13h22Por Maria Luiza de Almeida Küster

A           

 Ao abrir o seu aplicativo do Instagram tem se tornado comum você ver que alguém que você segue está fazendo alguma transmissão ao vivo, as famosas lives. Elas se tornaram uma forma de entretenimento para muitos, porém com a quarentena estendida muitos tornaram essas lives como compartilhamento de informações. Gabriela Prioli, comentarista da CNN Brasil fez uma live com a cantora Anitta no dia 8 de maio com o objetivo de explicar a política brasileira, hoje a live já conta com quase 4 milhões de acessos.

E esse “boom” das lives chegou também em Blumenau, algumas empresas e personalidades estão produzindo conteúdo neste novo formato. A MELZ Assessoria de Blumenau produziu uma semana inteira de lives. Marina Melz, formada em jornalismo e dona da empresa explicou que a ideia surgiu a partir do seu acompanhamento de estudos da área da comunicação e a partir da sua observação das práticas realizadas por algumas marcas e veículos. “Numa das conversas que tive para absorver e aprender com quem está à frente de várias áreas, entendi que eram muitas mudanças e perspectivas e não daria para resumir tudo isso em uma só live”, explicou. A partir disso foi criada a semana de lives, “foram discutidos cinco temas bem diferentes, mas que se conectam pelas mudanças que a nova realidade nos impõe”, contou Marina.

“A ideia era compartilhar e que as pessoas pudessem ter acesso ao que os profissionais da comunicação estavam desenhando e pensando para, a partir daí ou com essa informação, tomarem decisões de investimentos em mídias, de relacionamento, de estratégia online e de marca” explica ela quando questionada sobre o objetivo das lives. Marina ainda relata que após as lives tiveram vários feedbacks positivos de profissionais do mercado. Os vídeos ainda continuam sendo muito visualizados.

 

Essa semana de lives realizada pela Melz Assessoria contou com 5 comunicadores. A live mais visualizada, hoje com mais de 1.600 visualizações, foi com a Michelle Alves, moradora de Blumenau, que compartilha suas experiencias de viagens e intercâmbios em um canal no Youtube, que atualmente é o maior do Brasil.  Na live a criadora de conteúdo contou como foi a sua adaptação neste momento de pandemia e como ela está elaborando os seus conteúdos sem estar podendo viajar.

Marina conta que pretende sim, repetir esse formato em outros momentos. Ela acredita que várias tendências se potencializaram com a pandemia e este formato foi um deles. “Além das lives, uma estrutura que eu gosto muito que também deva se popularizar é o podcast. Tenho um programa há um ano, com a Larissa Guerra, chamado Donas da [email protected]#$% Toda, e vemos que a busca por ele está crescendo” conta ela.

“É um novo momento, uma nova relação com a informação. Penso que o jornalismo tem muito a ganhar a partir daqui.” - Marina Melz

O Jornal o Município desde janeiro de 2019 traz as lives para o seu público, contudo, para o veículo, devido a pandemia ficou mais difícil manter as lives,elas só estão sendo realizadas caso haja alguma notícia de grande relevânciaEssa decisão foi tomada em consequência do isolamento social, pois o veículo preza a qualidade do conteúdo apresentado, após algumas tentativas de realizar as transmissões ao vivo em casa, viram que não seria viável manter este formato, pois não conseguiriam entregar o conteúdo na mesma qualidade, conta Alice Kienen, repórter do Jornal. 

 O Homeoffice tem sido um grande desafio para os veículos de comunicação. Alice explica que no início da pandemia foi tudo muito intenso, pois além de ter notícias a todo minuto eles estavam se adaptando ao home office e isso gerou algumas falhas de comunicação. “É um pouco mais difícil a comunicação, pois se eu estou na redação eu falo com o Cristovão (editor do jornal) na hora, mas depois (durante o home office) quando íamos ver um achava que o outro estava produzindo um conteúdo, mas na verdade não estava. Então houve muita falha de comunicação por estarmos longe um do outro”

No dia 17 de junho o Jornal O Município Blumenau divulgou uma matéria que apresentava o crescimento da audiência em 257% comparada com o mesmo período do ano anterior do jornal. Alice coloca que o “boom” do crescimento se deve bastante a pandemia, mas também pelo conteúdo publicado pelo veículo. “É uma mistura. Teve a pandemia, o que influenciou, pois, as pessoas estavam necessitadas de informação, só que o fato de nós normalmente publicarmos as notícias primeiro, com mais profundidade e trazer muito conteúdo exclusivo ajudou no crescimento também” explica Alice.

Além dos veículos de comunicações que estão usando dessa prática a Prefeitura de Blumenau também está fazendo transmissões todos os dias da semana para o acompanhamento dos novos casos de COVID-19 na cidade. Muitos comunicadores dizem que esse novo modo de produzir conteúdo veio para ficar e será transformador para as áreas da comunicação.

Gabriela Schulze, de 21 anos, moradora de Blumenau conta que as poucas vezes que assistiu as lives da prefeitura achou o conteúdo apresentado muito completo e acredita que este formato poderia ser seguido por outros governantes, visto que aproxima eles da sociedade em geral.

“Um meio de comunicação simples e direto com a população” diz Gabriela sobre as transmissões ao vivo da prefeitura de Blumenau

Marcelo Garcia de Almeida, 46 anos, morador de Blumenau conta que assiste as lives da prefeitura sempre que possível, por trabalhar em outra cidade não consegue acompanhar diariamente. “Ótimas, quanto mais informações melhor pode ser a prevenção” opina Marcelo sobre o conteúdo das lives.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Mudanças climáticas provocam crescimento de 74% nos desastres naturais desde o ano 2000
Economia
Pix chega a 30 milhões de chaves cadastradas em oito dias
Esporte
De campeão à rebaixado: os 11 minutos decisivos para o Cruzeiro
Educação
Comitê escolhe 26 de outubro como data para a volta às aulas presenciais
Economia
Você sabe como funciona uma empresa júnior?
Saúde
Outubro Rosa reforça a importância de prevenir o câncer de mama
Esporte
Clubes inovam com campanha na retomada do campeonato de futsal
Meio Ambiente
Clima de Santa Catarina nos últimos meses influencia queimadas e estiagem
Cultura
Semana da Língua Alemã: conhecimento, trocas de experiências e tradições
Gestão pública
Blumenau flexibiliza atividades ao passar para a matriz de risco de nível alto