Menu
Busca Qui, 22 de outubro de 2020
(47) 99975-9521
Economia

Pix chega a 30 milhões de chaves cadastradas em oito dias

No primeiro dia disponível para cadastros foram contabilizados 3,5 milhões de registros segundo o Banco Central

16 outubro 2020 - 17h10Por Giulia Machado

O Pix, novo sistema de transferência e pagamentos bancários brasileiro alcançou a marca de 30 milhões de chaves cadastradas até as 18h desta última terça-feira, dia 13 de outubro. As informações são do site Valor Econômico, citando dados disponibilizados pelo Banco Central (BC). O Banco Central inicial o processo de registros desde o dia 5 de outubro, quando foi aberta a funcionalidade para cadastro de chaves.

O cadastro de chaves é um passo importante para usar a função quando ela for liberada em novembro: gerando uma "chave" não é mais necessário informar dados como banco, agência, número e tipo de conta na hora de realizar a transferência. Para isso será apenas necessário informar a chave Pix, que pode ser o CPF/CNPJ, número de celular, e-mail ou ainda um conjunto de números, letras e símbolos aleatórios no caso de a pessoa não querer usar dados pessoais.

>> Veja também: Como funcionam as empresas júniores

De acordo com o Banco Central, as principais características do Pix são disponibilidade, velocidade, conveniência, segurança, ambiente aberto, multiplicidade de casos de uso e fluxo de dados com informações agregadas. Porém o que mais têm prendido a atenção dos brasileiros é a possibilidade de receber transferências bancárias instantaneamente e em qualquer dia do ano.

Em entrevista ao podcast Hora Certa da Notícia, da Furb FM, o professor do curso de Ciências Econômicas da Furb, Ralf Ehmke, comenta que o Pix é uma inovação, e portanto é provável que as outras formas de pagamento - TED e DOC - entrem em desuso. Segundo ele, até mesmo cartões de débito e boletos podem desaparecer com a nova função.

TED e DOC: qual a diferença?

TED (Transferência Eletrônica Disponível)

Quando é proveniente de outra instituição o pagamento só é recebido no mesmo dia se for efetuado até as 17h, depois desse horário o dinheiro só cai na conta no outro dia. Porém, o TED não funciona em finais de semana e feriados, e é recebido sempre no próximo dia útil.

DOC (Documento de Ordem de Crédito)

Assim como o TED, funciona apenas em dias úteis. O pagamento é recebido no dia seguinte, mas pode levar mais tempo se a transferência for efetuada após as 22h. O valor máximo permitido para transferência por DOC é de R$ 4.999,99.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Meio Ambiente
Mudanças climáticas provocam crescimento de 74% nos desastres naturais desde o ano 2000
Esporte
De campeão à rebaixado: os 11 minutos decisivos para o Cruzeiro
Educação
Comitê escolhe 26 de outubro como data para a volta às aulas presenciais
Economia
Você sabe como funciona uma empresa júnior?
Saúde
Outubro Rosa reforça a importância de prevenir o câncer de mama
Esporte
Clubes inovam com campanha na retomada do campeonato de futsal
Meio Ambiente
Clima de Santa Catarina nos últimos meses influencia queimadas e estiagem
Cultura
Semana da Língua Alemã: conhecimento, trocas de experiências e tradições
Gestão pública
Blumenau flexibiliza atividades ao passar para a matriz de risco de nível alto
Esporte
Futsal inaugura a volta dos esportes profissionais em Blumenau