Menu
Busca Qua, 13 de novembro de 2019
(47) 99975-9521
Desenvolvimento pessoal

Projeto para formação de jovens empreendedores atrai mais de 60 mil adolescentes de Blumenau e região

Programa Miniempresa, que auxilia os jovens a entender como funciona toda uma organização corporativa, é um dos principais oferecidos pelo Junior Achievement

30 outubro 2019 - 18h37Por Edemir Júnior

Atuando há mais de 100 anos a nível mundial e há 20 em Santa Catarina, um programa tem atingido milhares de jovens catarinenses nos últimos anos: trata-se do Junior Achievement (JA), uma organização sem fins lucrativos que visa formar jovens empreendedores. Somente em 2018, mais de 60 mil foram abrangidos pelo programa. Em 2019, na região composta por Blumenau, Pomerode, Timbó e Gaspar, o número chega a quase quatro mil adolescentes atingidos com os projetos da JA, de acordo com Rosália Souza, umas das coordenadoras na região do médio-vale do Itajaí.

“Nosso objetivos são os projetos educacionais, que são mantidos através dos nossos mantenedores, que são as empresas privadas. Através dos nossos mantenedores, nós aplicamos esses projetos nas escolas públicas, algumas particulares e é através dele também que a gente faz o programa Miniempresa, que em 2019 tem três unidades: a do Colégio Sagrada Família, do Senac e do Instituto Schneider Eletric”, explica Rosália.

Como dito pela coordenadora, um dos projetos dentro do Junior Achievement é o Miniempresa. Nesse caso, alunos do ensino médio das escolas são escolhidos para participar. No Colégio Sagrada Família,  é feita toda uma pré-seleção dos alunos que estão dentro da instituição. O Senac abrange os jovens aprendizes, escolhidos pela própria escola. E o Schneider Eletric são alunos do Cedup. De acordo com Rosália, em 2019, 65 jovens estão participando do Miniempresa aqui em Blumenau.

“Geralmente a gente procura jovens empreendedores, que tenham interesse na área do corporativismo, que estejam interessados em construir produtos e verificar como que funciona o andamento de uma empresa, pois ele vão aprender fazendo, construir uma empresa de verdade. Apesar de ser um projeto estudantil, eles passam por todas as etapas da construção de uma empresa. Claro que de maneira superficial, pois fazemos isso em 12 encontros, semanais, que tem por volta de três horas cada” esclarece a coordenadora.

Um dos três projetos do Miniempresa em Blumenau, é o dos alunos do Cedup. Formada por jovens entre 15 a 17 anos, a organização conta com cinco diretores e uma CEO (Chief Executive Officer, que significa Diretor Executivo, em Português), conforme elucida Larissa Beck, responsável pelo Marketing da empresa: “tivemos que criar um produto que fosse inovador e sustentável. Foi então, que criamos o jogo “Explorando o Mundo”. É um jogo de tabuleiro, que tem como objetivo estimular a socialização das crianças e também a leitura como a alfabetização”.

Tabuleiro do jogo "Explorando o Mundo", dos alunos do Cedup. Foto: Larissa Beck.

O jogo foi feito totalmente de forma manual, onde os próprios integrantes do grupo que montaram. Foram utilizadas tampinhas de garrafa pet e também restos de tecidos de empresas que fariam o descarte. “A única parte terceirizada do nosso produto, foi a costura da nossa bolsinha, que também serve como a nossa embalagem”, conta Larissa.


Sobre os maiores aprendizados, que no final das contas é o que importa, a diretora de marketing afirma que o trabalho em equipe é a maior conhecimento que adquiriu. “No decorrer dos 12 encontros que tivemos, apareceram desafios e contratempos diferentes, mas com todo mundo crescendo e aprendendo junto, a gente conseguiu superar. Além do mais, pelo fato de eu nunca ter tido uma experiência profissional, foi algo que me ajudou a crescer cada vez mais. Eu tenho uma ideia agora de como vai ser quando eu ingressar no mercado de trabalho. Então, isso fez eu evoluir muito com todo esse aprendizado”, finaliza.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Movimento Social
O Vale Europeu também tem Rap
Sustentabilidade
Coleta Seletiva de Blumenau cresce 96% em 2019
Comunidade
Catarinenses se unem para fazer um Natal melhor através da solidariedade
Segurança
Cai o número de furtos em residências de Blumenau
Saúde
A importância do acompanhamento oftalmológico infantil
Cultura
Sasha Benner Bauer é a nova rainha da 37ª Oktoberfest
Oktoberfest Blumenau
Primeiro fim de semana da Oktoberfest de Blumenau bate recorde de público
Esporte
Pela primeira vez, Blumenau será sede dos Jogos Escolares da Juventude
Saúde
Casos de Sífilis aumentam 200% em Blumenau
Projeto Social
Trabalhando para fazer o bem: Trapamédicos levam alegria aos hospitais de Blumenau