Menu
Busca Sex, 05 de junho de 2020
(47) 99975-9521
Mobilidade Urbana

Uso de patinetes e bicicletas elétricos ganha força nas grandes cidades

Contudo, não há previsão para o serviço chegar a Blumenau

16 outubro 2019 - 17h35Por Edemir júnior

Tema inclusive já retratado aqui no portal Nosso Tal, a mobilidade urbana vem sendo bastante discutida nos últimos tempos. Em Blumenau, não é diferente. De acordo com o Detran, atualmente, a cidade tem percorrendo pelas ruas 266.775 veículos, que incluem desde motos e carros até ônibus, caminhões e tratores. Contando que a cidade tem 357.199 habitantes, segundo dados do IBGE, a média de veículos por habitante fica em 0,75.

Com todo esse volume de veículos, novas formas de transporte começam a ganhar vez. Uma delas é a condução por bicicletas e patinetes elétricos, já utilizadas em algumas grandes cidades do Brasil. Em Santa Catarina, é Florianópolis que possui o serviço. Oferecido pela empresa Grow desde dezembro de 2018, as bicicletas e patinetes fazem sucesso na capital de Santa Catarina. Segundo um levantamento feito pela empresa, desde o início da operação, o número de corridas de bikes na cidade cresceu 17% ao mês, e o de patinetes, 12%. Além disso, em média, 30 mil quilômetros são rodados em Florianópolis por mês, em cada modal. "O sistema de compartilhamento de bicicletas e patinetes se apresenta como ator relevante na mudanc?a de paradigma necessa?ria, tornando as cidades mais inteligentes, sustenta?veis e humanas", afirma Fernanda Laranja, gerente de Relações Governamentais e Institucionais da Grow.

O uso compartilhado das bicicletas e patinetes elétricos se dá por meio de um aplicativo da empresa, onde o usuário deve baixar o app, se cadastrar, encontrar o veículo mais próximo e escanear o QR Code presente no patinete ou bicicleta. Após isso, basta manejar os botões de acelerar e frear. Por não terem estações físicas, os veículos ficam espalhados pelas ruas da cidade. Em Florianópolis, o serviço é oferecido por R$ 3,00 para os três primeiros minutos de uso e depois mais R$ 0,50 para cada minuto seguinte.

Resultado de imagem para bicicletas eletricas florianópolis

Foto: Yellow / Divulgação

Para Cristian Krambeck, Arquiteto Urbanista, esse novo modal de transporte é muito positivo, ainda mais por ser sustentável, mas deve ser feito com cuidado, já que necessita de infraestrutura nas cidades também. “Podem ajudar muito a mobilidade urbana sustentável nas cidades, se as bicicletas tiveram toda uma construção, projetos estratégicos, baseados no plano municipal de mobilidade numa campanha, projeto específico, que inclui conscientização, uma articulação com as escolas, infraestrutura, apoio com a iniciativa privada e construção de ciclovias e espaços dedicados específicos”, explica o arquiteto.

Além disso, Cristian cita que o serviço seria de muita valia para Blumenau, ainda mais se fosse integrado ao sistema de transporte coletivo: “É fundamental também que esses modais, estejam integrados com transporte coletivo, que é o principal meio de transporte das cidades médias. Ou seja: que eu consiga deixar a bicicleta estacionada com segurança nos terminais, que consiga até mesmo levá-la dentro do ônibus, que tenha o incentivo de uso das bicicletas e patinetes elétricos de aluguel, com preço acessível. Acho que pode impactar muito positivamente na mobilidade e saúde das pessoas”. 

No entanto, os patinetes e bicicletas elétricos ainda devem demorar para chegar em Blumenau. De acordo com a Grow, responsável pelos modais, não há previsão para a expansão do serviço para Blumenau. “Ainda não há previsão para operar na cidade, mas a Grow está sempre estudando a ampliação de suas áreas de atuação. Com base nos aprendizados sobre os fluxos da cidade e demandas dos usuários, a empresa está sempre estudando os cenários em busca de uma expansão gradativa e responsável da operação, para ampliar cada vez mais o acesso da população ao serviço e a qualidade dele”, esclarece Morena Madureira, Coordenadora de PR da Grow. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Esporte
Futebol em Blumenau: perspectivas para uma cidade sem estádios
Cultura
Ayahuasca em SC: difusão de chá amazônico servido em rituais ganha força no Estado
Rede Social
Mães no Instagram: histórias compartilhadas e a criação de uma comunidade
Esporte
Coronavírus: As dificuldades da imprensa esportiva do Vale do Itajaí
Empreendedorismo
Mulheres empreendedoras: conheça histórias inspiradoras de lideranças do Vale do Itajaí
Perfil
Quebrando paradigmas: conheça a história da bombeira militar Carolina
Coronavírus
Jornalismo na Pandemia: o cotidiano dos profissionais da área em SC
Entretenimento
Empreendedorismo em podcast: quem faz o Donas da [email protected]#$% Toda
Podcast
Podcasts para ouvir durante a quarentena
Comércio
Comércio de rua abre as portas com restrições no atendimento