Menu
Busca Qua, 22 de maio de 2019
(47) 99975-9521
Homicídios

Casos de assassinatos diminuíram no último ano no Vale do Itajaí e em Santa Catarina

Em janeiro de 2019 foram cometidos 21 homicídios no Vale do Itajaí, número menor comparado ao mesmo período do ano passado

15 maio 2019 - 17h45Por Júlia Beatriz

Neste ano, foram cometidos 21 homicídios na região, durante o mês de janeiro, de acordo com a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina (SSP/SC). Entre os casos, 17 foram de homicídio doloso (indivíduo tira a vida de outro intencionalmente), dois latrocínios (homicídios com objetivo de roubo) e dois homicídios em decorrência de ação da polícia militar. Já, em 2018, foram realizados ao total 25 casos no mesmo mês. 

Durante os meses de fevereiro e março, de 2019, também ocorreram crimes no Vale do Itajaí e embora a última atualização tenha sido efetuada no dia 22 de março, a mensuração realizada pela SSP/SC contabilizou nas estatísticas de homicídios/mortes violentas, apenas dados referentes ao mês de janeiro. Quanto a isso, o sistema carece de atualização instantânea, o que poderia permitir ações de prevenções.

No ano passado, a taxa de homicídios diminuiu em aproximadamente 15%, comparado ao ano anterior. Ocorreram ao total 266 casos, com um índice maior em fevereiro, com 32 homicídios. Já, no mês de abril, os números de assassinatos foram maiores do que em 2017, totalizando 28 casos no mês e, em setembro, ocorreram dez casos a menos. No mês de junho foram constatados 18 casos e, em julho e agosto aconteceram 14, meses que menos apresentaram homicídios. 

Homicídios no Vale do Itajaí – 2017/2018. Dados: Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina (SSP/SC). Crédito: Júlia Beatriz 

Em 2017 foram totalizados 313 homicídios, sendo que os números mais altos foram nos meses de fevereiro e setembro, com 30 e 37 casos, respectivamente. Tanto nos meses de junho e julho, e entre outubro a dezembro, os números de homicídios foram iguais, ocorrendo 46 casos na metade do ano e 84 no fim. Mas, em compensação o mês que menos apresentou assassinatos foi abril, com 19 casos.

A psicóloga Suelen Seibt explica que existem vários fatores que podem levar uma pessoa a realizar um homicídio, como: distúrbios mentais, transtorno de personalidade, o uso drogas ilícitas e vulnerabilidade gerada pela situação econômica e pela exclusão social, entre outros. Para ela, cada caso precisa ser analisado individualmente e nem todos os crimes são cometidos por uma pessoa que sofre com algum transtorno mental. “Ouve-se muito na mídia que fulano matou por sofrer de doença mental, que beltrano cometeu o crime por ser psicopata. Precisamos ter ciência que os responsáveis por tais diagnósticos são profissionais habilitados para tal e que não podemos generalizar”, afirma Suelen.

Santa Catarina

O estado de Santa Catarina também apresentou uma diminuição nos homicídios. De acordo com dados da SSP/SC, a diferença de 2017 para 2018 foi de 18,8%, com os maiores índices em dezembro de 2017, relatando 119 casos e, em 2018, a quantidade maior de assassinatos ocorreu em janeiro, com 100 homicídios. Esses números mais elevados, muitas vezes, ocorrem por causa das férias nas escolas e no trabalho, apresentando um número maior de pessoas, principalmente pelos turistas que visitam o estado. Também nota-se que em ambos os anos, agosto foi o mês com menos homicídios, ocorrendo 76 casos em 2017 e 60 em 2018. 

Ainda, conforme o Atlas da Violência 2018, elaborado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA) e pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública, com dados do Ministério da Saúde, Santa Catarina ocupa a segunda posição entre os estados que possuem menor taxa de homicídios. Os dados são equivalentes aos crimes cometidos de 2006 a 2016.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Pobreza
Mais de 13 mil pessoas ainda vivem em situação vulnerável a pobreza em Blumenau, segundo IBGE
Comércio
“Vamos ter tempos difíceis pela frente”, aponta Emílio Schramm, após levantamento da Fecomércio sobre o dia das mães
Economia
Mudança tributária será aniquilada para setor farmacêutico em 2020
Turismo
Ocorreu nesta quarta-feira (15) a reunião do Plano Municipal de Turismo
TAL 360°
Confira a sétima edição do TAL 360°
Esporte
De Blumenau à seleção brasileira: conheça a história de João Camargo, técnico do Basquete Feminino de Blumenau
Insônia
Insônia atinge 73 milhões de brasileiros, de acordo com a ABS
Cinema
Quase 35 mil pessoas já assistiram ao filme “Vingadores: Ultimato”, somente no cinema Arcoplex, em Blumenau
TAL 360º
Está no ar a primeira edição do TAL 360 em 2019. Confira!
Mobilidade Urbana
Obras na rua República Argentina estão próximas do fim